FAQ

 

FAQ

1Por que nós não elegemos nossos candidatos?

Saiba que você não está só nesta situação, digo mais, você está acompanhada pela maioria dos eleitores. Surpreso?
A maioria não elege!
Os eleitores já vem dizendo isto de diversas formas diferentes.
Em junho/2014, na pesquisa CNI/Ibope, 60% dos eleitores não nominaram nenhum dos três mais mencionados (Dilma, Aécio e Eduardo Campos).
Naquela mesma época, mais de 30% dos eleitores pesquisados pelo Ibope não queriam nenhum dos pré-candidatos oferecidos. Isto era muito mais do que o preferido, Garotinho, com 17%.
Veja no post a seguir como é uma minoria que elege as câmaras legislativas:
Números e Gráficos
2Por que devo participar da rede VoteNet?
A rede VoteNet e seu aplicativo com suas funcionalidades viabiliza seu papel como um eleitor protagonista.
3De que forma a VoteNet me proporcionaria isto?
Através da interação entre os Eleitores integrantes do grupo do Distrito, no Facebook, ao qual você pertence. Os Eleitores avaliarão Pessoas Públicas, Pré-candidatos e Candidatos, no próprio programa, permitindo assim a classificação dos candidatos, do ponto de vista daquele grupo de Eleitores de quais poderiam melhor assumir os cargos eletivos em seu distrito, na cidade, no estado e no país, para o Legislativo e Executivo. Os três melhores pontuados, participarão de uma Pesquisa de Intenção de Voto, visando definir os candidatos com maior probabilidade de serem eleitos. Agora imagine, que os votos do seu distrito são uma jarra cheia de água; a quantidade de votos necessários, por exemplo, para eleger um vereador na cidade do Rio de Janeiro, represente um copo cheio de água. Os votos de nossa jarra encherão o copo do primeiro candidato, em seguida, o copo do segundo, e assim sucessivamente. Não haverá voto jogado fora.
4Por que não consigo fazer o Login no website do VoteNet?
O http://www.VoteNet.net é o website institucional do VoteNet. A tela de Login, pedindo e-mail e senha, ou entrar com seu perfil do Facebook é exclusiva para quem já está na rede VoteNet. Para estar na rede VoteNet tem que ser convidado por alguém que já esteja nela, pois crescerá a partir de redes de confiança. Isto é fundamental para a credibilidade da rede e das informações e pesquisas feitas. A qualidade da rede é mais importante que a quantidade.
5O convite já foi enviado para mim, mas não chegou. O que faço?
Veja se está em sua caixa de spam ou lixo eletrônico. Caso não esteja nestes locais, entre em contato com a pessoa que o convidou e peça para reenviar.
6De que forma é possível participar dos grupos de eleitores protagonistas VoteNet?
– Para isto você precisa receber o convite de um amigo ou conhecido que já faça parte da rede VoteNet.
7Minha senha deverá ser a mesma que uso em meu perfil do Facebook?
– Não. Crie uma senha nova para que seja usada em seus futuros logins no VoteNet. Ou, alternativamente, entre com seu perfil do Facebook. Neste caso, não precisará de senha para entrar, desde que esteja "logado" no Facebook.
8Como preencher o campo “perfil do Facebook”, no momento do cadastramento?
– Este campo deverá ser preenchido com o seu nome de usuário no Facebook. Este nome (sem espaços) é o que aparece após o endereço (URL). Algo assim: http://www.facebook.com/nomenofacebook
9Que Município e Bairro devo escolher, no momento do cadastramento no VoteNet?
– Você poderá selecionar o que mais convém a você. Naturalmente, deverá em eleições municipais ser a cidade onde vota e em eleições nacionais o estado em que vota, seja onde mora, onde trabalha ou ainda onde você possa a vir ter interesse. Onde você mora, porque pode estar interessado em que seu representante defenda melhorias da Segurança, por exemplo. Pode ser onde trabalha, por que o transporte é deficitário. Ou, ainda, em outro bairro, porque pensa em se mudar para ele. Uma vez escolhido o Estado, Município e Bairro estará, automaticamente, associado a um Distrito que tem um potencial de eleger de 1 a 3 representantes (vereadores ou deputados).
10Concluí meu cadastro e criei minha conta no VoteNet. Qual o próximo passo?
– Vá à página principal do VoteNet (http://www.votenet.net) e clique em LOGIN (em PCs, acima à direita; em mobiles é o último item no Menu). Faça seu Login (e-mail e senha ou login usando seu perfil no Facebook). Na sequência, abrirá em sua tela a página principal do Eleitor onde poderá acessar todas as facilidades do VoteNet, como convidar seus amigos de confiança, ver como sua rede está crescendo, ir para seu Distrito no Facebook, ver informações sobre os candidatos, avaliar candidatos, ver o resultado das avaliações, etc.
11Como faço meu primeiro acesso a página do meu distrito, no Facebook?
– Logo após efetuar o login, pela primeira vez, na página Menu do Eleitor, que aparece em sequência, haverá um link no alto desta, que lhe permitirá o primeiro acesso á página do grupo de seu distrito. Assim: Clique aqui AGORA para acessar seu distrito no Facebook: https:// www. facebook. com/ groups/…. endereço de seu distrito no Facebook…/ Clique neste link e aguarde, pois rapidamente seu acesso será liberado pelo Moderador de seu Distrito.
12A plataforma VoteNet é atestada por algum tipo de auditoria externa?
– Como um dos valores da VoteNet é a transparência, integrantes desta rede vão interagir entre si, eleitores e candidatos, dentro do grupo de seu distrito; discutindo prioridades e avaliando os candidatos. Nesta rede de confiança, todos os eleitores irão declarar sua intenção de voto. Esta adesão à transparência é obrigatória, o que por si só, blinda a plataforma de qualquer tipo de manipulação. Está planejado a formação de equipes funcionais para auditorias de segurança a partir dos próprios integrantes da rede VoteNet que atuem nas áreas de Auditoria, Segurança da Informação, Finanças e Controles, etc.
13Como a plataforma pode ser protegida do ataque de pessoas mal intencionadas; que queiram fazer mau uso do espaço proporcionado pela VoteNet?
– A plataforma protege a rede de confiança VoteNet, pois é capaz de rastrear a origem do convite de seus integrantes; para ingressar na rede será necessário convite e quem o convidou será notificado e visível para todos, isto permite aos administradores sanar qualquer tentativa neste sentido. O próprio membro da rede que identificar alguém que entrou em sua rede sem ser convidado poderá bloqueá-lo, imediatamente.
14Por que a divisão de cidade grandes e grupamento de cidades menores em Distritos?
– Toda esta história começa com a consciência de que não adianta cada eleitor votar no melhor candidato que ele achar, se este não for eleito. Infelizmente, a maioria dos eleitores é composta por aqueles que votam e não elegem (surpreso?). Depois, quase todos concordam de que não adianta um esforço de eleitores em eleger um candidato competente e íntegro, sendo o único com este perfil no meio de um meio político totalmente corrompido. Pronto! Fomos rápidos e voltamos a responder… A meta de Eleitores Protagonistas é eleger a MAIORIA dos vereadores da Câmara Municipal, ou seja a metade mais uma das cadeiras existentes, a chamada maioria simples. Para isto dividimos as cidades grandes e grupamos cidades menores em distritos de forma a viabilizar tanto o voto distrital como lograr eleger candidatos competentes e íntegros para a maioria das câmaras municipais, estaduais e federal. Portanto, cada Distritos desses terá como meta eleger, de 1 a 3 representantes (vereador ou deputado), os melhores possíveis entre os candidatos daquele Distrito. Pronto! O Voto Distrital por desejo de Eleitores Protagonistas, que não esperam por leis, pois não há nada que impeça.
15Por que o Voto Distrital, feito pelos próprios eleitores, é interessante e pode vir a fazer diferença no cenário político?
– Porque viabiliza a concentração de votos necessários para eleger candidatos competentes e íntegros, seria uma das respostas. Mas, também, (1) reduz os custos de campanha (e todos os benefícios como desvios de dinheiro público, caixa 2, influência indevida do poder econômico, etc.); (2) aproxima o eleitor do candidato, posteriormente, do eleito, afinal se encontram pelo Distrito.
16Então, como saber qual é o meu Distrito, de forma a usar bem o meu voto?
– A partir das informações que fornecer (estado, cidade, bairro) será associado a um Distrito. Aqui o conceito de Distrito é o que mais convém a você. Poderá ser onde mora, onde trabalha ou ainda onde você possa a vir ter interesse. Onde você mora, porque pode estar interessado em que seu representante defenda melhorias da Segurança. Pode ser onde trabalha, por que o transporte é deficitário. Ou, ainda, em outro bairro, porque pensa em se mudar para ele.
17Em qual partido uma pessoa competente e íntegra deveria ingressar, para mudar este país?
– Se você espera partidos imaculados para ingressar votar ou para ingressar na política, terá que esperar sentado ou cair no discurso de quem não quer fazer nada: “Irá demorar algumas gerações…” Pessoas, ainda não filiadas a partidos políticos, com desejo de servir neste cenário político, que estamos chamando de Pessoas Públicas, terão que escolher um dos 30 e tantos partidos existentes, a partir de seu ideário e programa. Duvido que algum dos partidos existentes tenha lá escrito algo sobre a necessidade de desvios de recursos públicos, dos Correios, da Petrobras, de empréstimos sigilosos para ditaduras, importação de “médicos” cubanos sem REVALIDA, uso na máquina pública em favor do partido, etc. Essas Pessoas Públicas, uma vez nos partidos, poderão cobrar das lideranças e de seus filiados o respeito aos estatutos do partido. Poderão pressionar pelo desligamento de pessoas que contrariam os princípios do partido, etc.
18Como seria uma boa estratégia de aproximação aos bons políticos que possam existir?
– Para as eleições municipais: Aproximar-se, de forma proativa, de vereadores e prefeitos que parecem ser competentes e íntegros, incentivando-os à reeleição e aprendendo com eles em como fazer esta invasão. Isto ajudará a que esses tenham um compromisso mais patente em relação ao eleitor e aos anseios da população.
19Estaremos dividindo esforços ao não nos filiarmos a um dos partidos existentes?
– Não. Não estamos dividindo esforços, pelo contrário, estamos na direção de um novo cenário político, de uma nova forma de se fazer política. Trabalharemos de forma apartidária, tendo e conta que os partidos são parte do problema e parte da solução, pois assim se faz a política no país. Além disso, se tivermos gente competente e íntegra, o importante é que ingresse no partido com o qual mais se sinta alinhado. O importante, neste momento, é o ideário do partido do que a prática, pois todos estão reprovados pela prática. Aos remanescentes filiados e simpatizantes de partidos envolvidos em escândalos de corrupção, que sejam competentes e íntegros (sei que para muitos é difícil entender como pode existir pessoas assim dentro desses partidos), sugerimos que se candidatem, pois poderiam até vir a exercer um protagonismo no resgate de suas bandeiras.
20Se já temos iniciativas como o Voto Consciente e o Voto Distrital, por que mais uma iniciativa? Qual é o diferencial da VoteNet?
– Todas as duas iniciativas, Voto Consciente e Voto Distrital, são excelentes iniciativas convergentes. Precisamos criar uma outra frente para focar na busca de gente para ingressar na política, de forma sistemática. Pois, tanto o Voto Consciente como o Voto Distrital só serão eficazes se tivermos gente para votar. Outro valor agregado da rede VoteNet é o processo de avaliação coletiva, de classificação e concentração de votos para ELEGER nossos candidatos. O VoteNet, durante o período pré-eleitoral, visa a rápida identificação dos melhores candidatos através de um trabalho colaborativo dos Eleitores e a facilitação de convergência para superar a barreira da quantidade de votos necessária para eleger esses melhores candidatos. A segmentação por Distrito e, também, por Bandeira/Causa/ Prioridade (BCP) é um dos vetores que estamos utilizando.
21Precisamos tanto de pessoas competentes e íntegras no cenário político. Como encontrá-las? Como convencê-las?
– Neste “processo”, temos 3 fontes para se buscar candidatos em quantidade e qualidade. Essas 3 fontes estão resumidas neste post: https://democraciaja.wordpress.com/2014/02/28/maos-a-obra/
22Como posso fazer para divulgar essas ideias?
Para divulgação da proposta, além do Aplicativo, temos as seguintes “ferramentas”: 1) uma pergunta para se fazer para qualquer pessoa: “Qual é o perfil do candidato que merece o seu voto?” 2) o questionário para levar rapidamente do diagnóstico à solução e ação: https://democraciaja.wordpress.com/2014/04/04/pesquisando-sobre-candidatos-e-partidos-na-politica-brasileira/ 3) o manifesto para explicitar tanto para o próprio eleitor como para os partidos o que queremos e o que não queremos: http://www.votenet.net/manifesto 4) referências ao longo da história que suportam esta caminhada: https://democraciaja.wordpress.com/2014/12/24/por-que-demorei-tanto-a-entender-e-tomar-acao/
23Que ações eu poderia fazer com pessoas de minha rede de confiança?
Mapear os atuais vereadores e deputados, identificando aqueles que são competentes e íntegros, apresentando um desempenho louvável. Identificar quais desses pretendem a re-eleição. Aproximar desses e declarar apoio. Aproveitar a experiência desses para falar aos jovens. Em períodos pré-eleitorais as células (vou usando essa terminologia) poderiam já manifestar, se desejassem, a favor deste tipo de perfil de candidato junto aos partidos. Outra ação que já está em curso, ainda em pequena escala, é a de “patrocinar” futuros candidatos. Jovens de baixa renda e com potencial para ingressar na política.
24Por que o Eleitor e o Candidato tem que escolher uma BCP (Bandeira, Causa ou Prioridade)?
– Umas das críticas que se faz ao Voto Distrital é de eleitores que dão uma prioridade maior a uma determinada Bandeira, Causa ou Prioridade do que a questão geográfica e gostaria de buscar um candidato com a mesma BCP. O VoteNet ao obter esta informação do Eleitor e do Candidato facilitará este “casamento” (“matching”) nos processos de identificação de Pessoas Públicas, Pré-Candidatos e Candidatos de seu Distrito e/ou de sua BCP, no processo de Avaliação, Intenção de Voto e Acompanhamento do Eleito. Como o objetivo é eleger as maiorias das Câmaras Legislativas, seria muito útil que venhamos a ter defensores, estudiosos, com paixão por cada uma dessas causas.
25Quais são as Causa, Bandeiras ou Prioridades?

1 – Administração: Eficiência nos Gastos Públicos - Inclui Economia, Finanças, Controle, Modernização da Gestão Pública e Redução da presença do Estado onde a iniciativa privada pode ser mais eficaz;

2 – Desenvolvimento Social - Inclui Cidadania, Comunidades, Direitos Civis, Direitos Humanos e Inclusão Social;

3 – Educação & Cultura;

4 – Esportes & Lazer;

5 – Infraestrutura, Saneamento e Urbanização;

6 – Meio Ambiente - Inclui Reciclagem e Gestão de Resíduos;

7 – Negócios - Inclui Empreendedorismo, Trabalho & Geração de Renda, Produtividade & Competitividade, Petróleo e Construção Naval;

8 – Saúde;

9  – Segurança & Ordem Pública;

10 – Tecnologia & Inovação - Inclui Universalização do acesso à internet;

11 – Transporte & Mobilidade;

12 – Outras/Várias.
26Que 7 Processos são esses do VoteNet?
– Este texto é para quem trabalha e gosta de Processos… As funcionalidades da Rede VoteNet podem ser resumidas em apenas 7 processos básicos e muitas, mas muitas interações… Está modelado para ser um grande sistema de melhoria contínua (Kaizen) . Veja um a um, a seguir.
27Processo #1: Rede de Eleitores
  • Como entrar na VoteNet? – Tem que ser convidado por alguém já na rede.
  • Quem deve ser convidado para a VoteNet? – Pessoas da rede de confiança de alguém já na rede. Quem convida é responsável por aquele a quem convidou.
  • Tem limites de convites? – Sim, tem. Cada integrante da rede não deve ter mais do que 10 pessoas convidadas por ela.
  • Tendo sido convidado, para criar sua conta no VoteNet, o Eleitor deve concordar com os Termos de Uso, com o Manifesto do Eleitor e com a Declaração de Princípios.
28Processo #2: Convite para Pessoas Públicas e Candidatos
  • Qualquer eleitor da Rede VoteNet pode convidar um outro Eleitor para se tornar uma Pessoa Pública (Novos Políticos),  um candidato ou um eleito (em mandato). Quem convida é o primeiro filtro e como tal ao convidar estará efetuando a acreditação daquela pessoa quanto aos aspectos fundamentais a qualquer contratação: competência e integridade (Referência: The Speed of Trust).
  • Os Eleitores, as Pessoas Públicas, Candidatos e Eleitos têm as mesmas prerrogativas.
29Processo #3: Interação Eleitores & Candidatos
  • Este processo acontece nos Distritos (grupos fechados no Facebook) e visam esclarecer pontos que não ficaram claros na história (formação, experiência, referências, resultados apresentados) e propostas dos Candidatos.
  • Essas interações visam melhorar as avaliações que ocorrerão no Processo #4.
 
30Processo #4: Avaliações de Pessoas Públicas
  • Todos os Eleitores na rede VoteNet podem avaliar qualquer das Pessoas Físicas ou Candidatos na rede VoteNet, de acordo com o grau de conhecimento que o Eleitor tem da pessoa que está sendo avaliada. Isto é feito sempre de forma transparente e declarada. O objetivo deste processo é se valer das avaliações feitas pelos membros da VoteNet, visando a classificação das melhores Pessoas Públicas e Candidatos para entrarem no Processo #5.
31Processo #5: Intenção de Voto
  • Os melhores Candidatos de um Distrito, nos casos de Vereadores e Deputados, serão levados a uma pesquisa para se facilitar as decisões dos eleitores em concentrar seus votos. Obviamente, o voto na urna SEMPRE será secreto.
  • Este processo pode ser comparado a uma “Prévia” para identificação dos melhores candidatos para cada um dos distritos.
32Processo #6: Divulgação dos Candidatos Escolhidos na Plataforma VoteNet
  • Os eleitores da Plataforma VoteNet deverão à sua maneira divulgar os nomes dos candidatos selecionados em suas próprias redes. Esta é a forma que o eleitor tem de reduzir o poder econômico no processo das campanhas eleitorais, onde as propagandas enganosas são financiadas por recursos públicos desviados e por “troca de favores futuros”.
33Processo #7: Acompanhamento dos Eleitos
  • Candidatos que passaram por este processos, na Rede VoteNet, sendo eleitos, serão acompanhados por seus Eleitores em um mandato participativo, podendo esses Eleitores constituírem um Conselho de Eleitores que se incumbirão de apoiar os eleitos em seus mandatos, bem como de fazer seguimentos das Propostas assumidas pelo Eleito. Com as facilidades atuais, da tecnologia, as prestações de contas deverão ser feitas de forma sistemática e reuniões periódicas com os Eleitores que quiserem e puderem participar.
  • No caso de um grupo de Eleitores de um Distrito não ter logrado eleger seu candidato, poderão escolher um dos eleitos para adotar o mesmo processo descrito logo acima.
  • Este módulo será definido e desenvolvido após as eleições.